www.blogdosono.com

www.blogdosono.com

Sono e Dor de Cabeça


2 comentários:

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Mais um excelente e esclarecedor post...
Uma vez você deu a entender que a sua opção por esta especialidade tinha relação com sua experiência pessoal com sono/insônia. É isso mesmo ou entendi errado? Fique com um abração deste seu sempre amigo!

pmarsiglio disse...

Caro Marcelo, respondo a pergunta que não quer calar: sim, com certeza, todo meu interesse na área vem do meu convívio desde a infância com os distúrbios do sono. Minha história evoluiu do terror noturno, paralisia do sono e SAOS na infância, até posteriormente à Síndrome da Resistência de Vias Aéreas na fase adulta, sem contar os roncos. A sonolência excessiva diurna sempre foi uma constante no meu dia-a-dia. Até hoje ainda tenho dúvidas se tenho o distúrbio de avanço de fase ou se isso é resultado da privação de sono, ás vezes produzida pelo trabalho em turnos. Embora tudo isso pareça exaustivo, o que aprendo nos estudos acadêmicos faz-me dar a devida importância ao sono e costumo priorizá-lo ao máximo, seguindo tudo que prego aqui, pois só assim sinto-me disposto para enfrentar minha rotina diária.
Tá de bom tamanho?
Abração!